Soluções para seu Negócio.

 

Temos as soluções completas em mensageiria, totalmente integrado com governo.

 

SPED e-SOCIAL - SANEAMENTO CADASTRAL FUNCIONÁRIOS - S-21

 

Pensando em auxiliar as empresas em seu saneamento de dados  cadastral de funcionários, a Consult lançou um novo produto que identifica  os erros e os dados faltantes.

 

 

SPED FISCAL ICMCS E IPI

A Escrituração Fiscal Digital - EFD -  é um arquivo digital que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse aos fiscos das unidades federadas e da Secretaria da Receita Federal do Brasil, bem como de registros de apuração de impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte.

Este arquivo deverá ser assinado divinalmente e transmitido, via internet, ao ambiente SPED. A partir de sua base de dados, a empresa deverá gerar um arquivo digital de acordo com layout estabelecido em Ato COTEPE, informando todos os documentos fiscais e outras informações de interesse dos fiscos federal e estadual, referentes ao período de apuração dos impostos ICMS e IPI. O arquivo deverá ser gerado de forma mensal e distinta para cada um dos estabelecimentos conforme informações dos períodos de apuração do imposto gerado e mantido dentro do prazo estabelecido pela legislação de cada unidade federada e SRFB.

Em efeitos práticos, substituirá a impressão e escrituração dos seguintes livros:

  • Registro de Entradas
  • Registro de Saídas
  • Registro de Apuração do IPI
  • Registro de Apuração do ICMS
  • Livro de Inventário P/7

A Consult Soluções oferece uma solução completa para o atendimento dessa nova obrigação, que vai desde o fornecimento de software específico até a disponibilização de consultores especializados.

A partir de um diagnóstico SPED Fiscal será elaborado documento que possibilite à gerência avaliar as mudanças necessárias para que, desta forma, sejam plenamente atendidas todas as premissas deste novo cenário.

 

SOLUÇÕES SPED

Hoje, com a diversidade de software ERP no mercado, muitas empresas não sabem ao certo qual a sua necessidade e onde querem chegar na escolha de um ERP. A escolha do mais adequado é uma tarefa árdua que depende de muita experiência e vivência no mercado. Atualmente se fala muito sobre SPED no mercado e nas corporações. Sua empresa está preparada? Seu ERP ou legado atende as necessidades do SPED? É nesta área que entra a Consult Soluções, ajudando no levantamento e mapeamento do SPED, informando a empresa quais registros obrigatórios, mudanças de processos e outros. Abaixo uma oferta do nosso trabalho de Mapeamento SPED. Confira nossas soluções:

  • Análise dos blocos do SPED Fiscal em relação à rotina operacional da sua empresa;
  • Identificação dos registros do SPED Fiscal que interferem nas operações da sua empresa;
  • Análise e aderência dos requisitos do SPED Fiscal com o *legado da sua empresa (Dados / Sistemas / Cultura da empresa);
  • Apresentação dos principais impactos culturais e sistêmicos na implantação do SPED Fiscal na sua empresa;
  • Análise do software existente na sua empresa,verificando se o mesmo atende de forma eficaz as exigências constantes na legislação do SPED;
  • Treinamento Teórico das tabelas do SPED FISCAL, SPED CONTÁBIL e SPED CONTRIBUIÇÕES.

* legado: Software de desenvolvimento próprio

AUDITORIA

(Clique sobre o nome para saber mais)

BPO em SPED

A Consulto todo conhecimento e formada de profissionais certificados e especializados nas diversas atividades fiscais como contadores, advogados e tributaristas, oferecemos o BPO EM sped's,como, retificações
quando necessário, cruzamento e arquivos auditados mensalmente.

O BPO EM SPED oferecido pela consult soluções garante a qualidade nas informações e nas entregas .

BPO SPED:

  • sPED FISCAL ICMS/IPI
  • SPED (BLOGO G)
  • SPED CONTRIBUIÇÕES
  • SPED CONTABIL
  • SPED ESOCIAL
  • SPED IRPJ

VERIFICAÇÕES DE INCONSISTÊNCIAS E CRUZAMENTOS:

  • Estrutura do arquivo (hierarquia, obrigatoriedade, duplicidade, tamanho e alinhamento de registros);
  • Regras de preenchimento de campos (formato, tamanho, valores válidos, obrigatoriedade, cálculos);
  • Valores informados na EFD x tabelas externas e internas do SPED;
  • Dados cadastrais (CNPJ, CPF, I.E., SUFRAMA, etc);
  • Valores declarados na EFD x valores apurados pela auditoria;
  • Alterações indevidas nos produtos/serviços e no cadastro de participantes;
  • Documentos fiscais (ordem sequencial, cancelamentos, períodos de apuração, modelos, séries, duplicidades, totais de itens, bases de cálculo, alíquotas, valores de ICMS, ICMS ST, IPI, PIS, COFINS, etc).
  • Chaves das Nota Fiscais Eletrônicas x informações declaradas na EFD;
  • Existência e validade dos códigos NCMs informados;
  • Coerência entre CSTs e CFOPs informados;
  • Cruzamento entre registros do arquivo digital e entre arquivos de competências diferentes.

SPED FISCAL x SPED CONTÁBIL:

  • Receita de Exportação Direta de Mercadorias e Produtos – ECD x EFD
  • Receita de Vendas de Mercadorias e Produtos a Comercial Exportadora com Fim Específico de Exportação – ECD x EFD
  • Receita de Venda de Produtos de Fabricação Própria no Mercado Interno – ECD x EFD
  • Receita da Revenda de Mercadorias no Mercado Interno – ECD x EFD
  • Receita de Prestação de Serviços – Mercado Interno – ECD x EFD
  • Receita de Prestação de Serviços – Mercado Externo – ECD x EFD
  • ICMS – ECD x EFD
  • PIS/Pasep – ECD x EFD
  • COFINS – ECD x EFD
  • IPI – ECD x EFD

SPED FISCAL x GIA / DAPI

  • Entradas do estado – DAPI x SPED;
  • Entradas de outro estado – DAPI x SPED;
  • Entradas do exterior – DAPI x SPED;
  • Saídas para o estado – DAPI x SPED;
  • Saídas para outro estado – DAPI x SPED;
  • Saídas para o exterior – DAPI x SPED;
  • Total de entradas – DAPI x SPED (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Total de saídas – DAPI x SPED (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Débitos, créditos e saldos de ICMS na DAPI x SPED FISCAL;
  • ICMS ST – saldos credores, devoluções, ressarcimentos, retenções, valores a recolher, saldos a transportar – DAPI x SPED FISCAL;
  • Entradas e saídas detalhadas por CFOP – GIA SPED.

SPED FISCAL x TIPI

  • Verificação de existência e validade dos códigos NCMs informados;
  • Verificação das alíquotas de IPI informadas por data.

SPED FISCAL x DCTF

  • IPI – 1º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF
  • IPI – 2º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF
  • IPI – 3º Decêndio – SPED FISCAL x DCTF
  • IPI – Mensal – SPED FISCAL x DCTF

EFD CONTRIBUIÇÕES x DACON

  • PIS/COFINS apurados na DACON x EFD-Contribuições;
  • Créditos descontados na DACON x EFD-Contribuições;
  • Deduções na DACON x EFD-Contribuições;
  • PIS/PASEP – Folha na DACON x EFD-Contribuições;
  • PIS/COFINS a pagar de SCP na DACON x EFD-Contribuições;
  • Retenção de cooperados na DACON x EFD-Contribuições.

EFD CONTRIBUIÇÕES x DCTF x DACON

  • PIS/PASEP  e COFINS a pagar – faturamento (não-cumulativo) – EFD x DCTF x DACON
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento de scp (não-cumulativo) – EFD x DCTF x DACON
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento (cumulativo) – EFD x DCTF x DACON
  • PIS/PASEP e COFINS a pagar – faturamento de scp (cumulativo) – EFD x DCTF x DACON
  • PIS/PASEP a pagar – folha de salários – EFD x DCTF x DACON
  • Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – Serviços – EFD x DCTF
  • Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – Indústria – EFD x DCTF

eCAC x DCTF

  • Créditos Vinculados na DCTF x Pagamentos registrados no eCAC;
  • Quotas de IRPJ e CSLL na DCTF x Pagamentos registrados no eCAC.

LMC (Livro de Movimentação Diária de Combustíveis):

  • Estoque físico x Estoque contábil, tanque a tanque, de acordo com a ANP (análise de variações de perdas e sobras);
  • Volume de combustível recebido x volume armazenado, por data, tanque e tipo de produto;
  • Conferência dos valores diários do estoque de fechamento, geral e por tanque;
  • Volume total das saídas x vendas realizadas por bico;
  • Estoque de abertura dos tanques x valores das leituras iniciais dos contadores, na abertura dos bicos;
  • Estoque de fechamento dos tanques x valores das leituras finais dos contadores, no fechamento dos bicos;
  • Estoque de fechamento dos tanques x Estoque de abertura dos tanques na data subsequente.
  • Volume diário de combustíveis declarados no LMC x documentos fiscais emitidos.

BLOCO P (Apuração da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta):

  • Valor da Receita Bruta dos estabelecimentos x Valor da Receita Bruta da Pessoa Jurídica;
  • Verificação dos Códigos indicadores das atividades sujeitas à incidência da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (existência, alíquotas correspondentes, datas de validade);
  • Análise percentual entre o Valor da Receita Bruta do Estabelecimento e o Valor da Receita Bruta sujeita à incidência da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta, de acordo com as disposições legais;
  • Valor da Contribuição Previdenciária Apurada sobre a Receita Bruta declarada x valor apurado pela Auditoria;
  • Valor total da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta a recolher x valores da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta dos estabelecimentos.

ESTOQUE:

  • Detecção de estoque negativo, item a item, mês a mês;
  • Duplicidade e alterações de códigos e descrições de itens;
  • Montagem de fluxo de estoque retroativa a 5 anos;
  • Cruzamento do estoque escritural com o estoque físico (inventário real) da empresa;
  • Cruzamento entre o inventário declarado pela empresa e o saldo apurado pelo sistema;
  • Detecção de Omissões de Entradas e Omissões de Saídas.

FUNCIONALIDADES ADICIONAIS:

  • Consulta à tributação do PIS e da COFINS por NCM e por data (Alíquotas Diferenciadas, Regime Monofásico, Isenção, Alíquotas Zero, Substituição Tributária, etc).
  • Consulta à tributação do IPI por NCM e por data (produtos tributados, não tributados e tributados à alíquota zero).
  • Resumo de Apuração do ICMS.
  • Resumo de Apuração do PIS e da COFINS.

 

RECUPERAÇÃO DE IMPOSTOS

SANEAMENTO DE DADOS

BPO DE FOLHA.

BPO CONTÁBIL E TRIBUTÁRIO

PAINEL DE OBRIGAÇÕES - TRIBUTÁRIAS E PROCESSOS